09 março, 2015

Cadê você formigão, não sabe que és pó?


A Bíblia, em 
Provérbios 
13:16, diz assim: 
"Todo prudente 
procede com 
conhecimento,
mas o insensato
espraia a sua 
loucura".

            Seu inimigo entrou com uma seqüência de tudo o que tinha direito: “Hook”, “Upper”, “Jab”, “Cruzado” e “Direto”.  

           Se você for lá pelas bandas do sul do norte de onde nasci e perguntar: quem conhece a história do Gerson-formigão? Até hoje todos dirão a mesma coisa: nós conhecemos! Depois de ouvir e conhecer o caso, você dirá: sujeito idiota esse, em sã consciência o que ele disse não se diz... Contra a força não há resistência!... Passou da conta, assim seria dar murros em ponta de faca.
           Nascido de uma família simples e humilde, cresceu sem nunca sugar o leite materno. Sua mãe não tivera leite para amamentar o guloso filho, esfomeado que era, coube-lhe então, o recurso do leite de cabra. Que assim se fez, e assim se foi até que o menino cresceu forte como um touro. Ou seria aqui, forte como um bode?... Rs.
           Mamando feito um bodinho Gerson cresceu forte e sadio. Passando então a domar cavalos bravos e outros bichos brutos arrastando-os somente pelas orelhas. Os gatos, todos tinham medo dele e só de vê-lo de longe miavam fino. Com ele os cães rosnavam tímido. Rasgava coco nos dentes, partia lenha com as próprias mãos, matava porco na cabeçada.
          Formigão era um abusado e temido por todos os outros jovens de sua idade. De encrenca era o que mais gostava e não perdia se quer uma briga. Barrado num circo por falta de ingresso; botou fogo na lona acabando com o show. Quem assistiu esta cena conclui: era só gente gritando e pulando arquibancada a baixo, enquanto ele sentado lá fora, ria...
           Sua fama bruta corria por toda a região. Movido por essa notoriedade insólita, um dia apareceu na cidade um influente empresário no ramo do boxe, veio convencer o Gerson para o tal esporte.
        Formigão tornou-se um imbatível. Seu sparing quebrou ao meio. Por toda a redondeza já não havia mais um oponente que lhe encarasse. Consagrou-se esperança e orgulho da cidade.
          Propagandas em seu nome não faltava:
     "Trator formigão", indispensável no trato de suas terras. 
        Contra a gripe, resfriado e, rouquidão; tome: "Xarope formigão". Rs.
     Seu empresário contratou uma grande luta fora. Ganhando essa se consagraria um fenômeno mundial, do boxe. Acertados todos os preparativos, para sua viagem, viajou. Lá foi o Gerson para lugares grandes em busca de um título internacional.
      No dia marcado para a grande luta onde Gerson-formigão, se consagraria um fenômeno global do boxe. Sua cidade era só alegria e muita expectativa. Quanto entusiasmo, quanta ilusão! O comércio fechou. No centro houve àquela festança com direito a bailarinas e carros alegóricos, expondo grandes bonecos, feitos a sua imagem a desfilar, anunciando por todas as ruas, fortes alto falantes o nome de seu ilustre, filho...
O prefeito? Rs... O prefeito dado a altas propagandas caras, investiu forte em outdoors espalhados pela cidade toda, aproveitando aí a rara oportunidade de elevação do seu próprio nome; e mais! Decretando arbitrariamente nesse dia, um feriado municipal... O padre? O seu vigário não poderia estar de fora de um evento como esse. Então convocou os fiéis para uma benção toda especial na praça local. Distribuindo santinhos, impresso no verso a cara tosca do formigão. E o povo? O povo! Rs... Todos simples mortais!... Oras! Só, Aclamava. Viva! Viva! O mundo é pequeno para ti. Lute e vença! E se nunca mais voltares, saberemos... Só leve por onde for o lugar de onde saístes, viva! Viva!
         Nos instantes antecedentes a sua subida no ringue, uma repórter local o entrevistou, e botando-lhe o microfone em sua cara larga, perguntou: Gerson-fomigão, o seu oponente é conhecido como um grande quebra ossos. Você já orou a Deus, pedindo proteção?...
          Ele encarou a moça, encarou a televisão, ajeitou o microfone e disparou: Se Deus me proteger será covardia e se Ele for sábio e ajuizado não subirá no ringue comigo, do contrário, não perdoarei e, se Ele estiver lá, coitado Dele, porque até Ele, hoje eu irei esmurrar e bate-lo muito até jogá-lo, desvalido no chão!
         Que louco!
       A Bíblia lá em Provérbios 13:16, diz assim: "Todo prudente procede com conhecimento, mas o insensato espraia a sua loucura".
       Novamente a Bíblia no mesmo livro de Provérbios 26:10, nos alerta: "O Poderoso, que formou todas as coisas, paga ao tolo, e recompensa ao transgressor".
      Dizem que sua luta foi um fiasco, não ultrapassou quinze segundos. Logo na entrada seu opositor desferiu-lhe um ligeiro “Jab”, entrando na seqüência com um violento “Cruzado” de esquerda, na lateral esquerda de sua cabeça que o deixou tonto até hoje. Sem dó nem piedade seu rival emplacou-lhe um “Upper” de direita, entrando brutalmente debaixo para cima, deslocando imediatamente seu maxilar; deixando-o de boca torta... Dizem que até hoje ele não consegue apagar a vela... Rs...
      Pra arrematar e enfim manda-lo definitivamente pra lona, seu inimigo entrou com uma seqüência de tudo o que tinha direito: “Hook”, “Upper”, “Jab”, “Cruzado” e “Direto”.
       Caído babando e estrebuchando largado no chão como um cão, dizem: que ele pedia leitinho... Rs. De cabra. Rs...
       Cadê você formigão, não sabe que és pó? Já acordou do “Cruzado”? E o “Upper”, consegue apagar a vela?

Rs.

Faloouuu!!!

 
 
 
 


                                                                              Ao lado do "Pai"