07 dezembro, 2013

O discurso do meu tio avô.










Qual seria o certo dizer:
Todo mundo morre um dia.
Todo mundo um dia morre?


             Hoje logo cedo ao me levantar, parei de frente ao espelho e não tive coragem de me enxergar, seria a primeira vez que me veria com esta idade... Rs. Foi difícil, mas me encarei. Rs...
            
           No início da noite da festa dos noventa e quatro anos de meu tio avô, aprendi uma lição valiosa para nunca mais se esquecer, sempre achei que chegar a essa idade não deveria ser assim tão fácil pra ninguém, mas ele parecia um ser diferente não dando bolas pro tempo; seu discurso foi despretensioso, modesto, sem gesto, franco e direto, de tão direto e franco que foi me acertou em cheio no peito; dos outros tantos convidados não sei, mas daquela data até hoje trago gravado em minha memória grande aprendizado com o velho. Chegar aos noventa e quatro anos de idade e na noite de sua provável peça oratória não dizer nada é compreensivo, mas seria guardar muito para si, numa demonstração, parco e egoísta. Desprendido dos bens materiais que possuía tudo o que tinha e sabia queria muito compartilhar. 
         Pessoas influentes influenciam pessoas. Quando em circunstância adversa a minha formação me encontro busco recurso em tal exemplo de vida a ser seguido. Ainda bem que tem, com raríssimas exceções, mas tem; sempre existiu sempre existirão indivíduos comprometidos com o bem alheio, dignos de seus caminhos serem copiados. 
A partir daquela noite em diante decidi ser mais feliz; aprendi que a felicidade não se compra não se vende; mas se ganha, através de um estado de espírito permanentemente saudável; sei que não viemos neste mundo para sofrer, que a vida deve ser vivida intensamente sem desperdício de tempo; que independentemente de mim, de você, ou de nós, a história da existência, seguirá sempre o seu curso adiante, sem direito de volta. Graças ao esboço deixado esquecido pela festa; transcrevo parte daquele discurso, tão importante pra mim.

              Entendam.
              Qual seria o certo dizer:
              Todo mundo morre um dia.
              Todo mundo um dia morre? Rs.

           Enfim mais um aniversário. Nove, ponto, quatro. Rs. To ferrado! Rs...
            Chegar onde estou chegando; sinceramente não imaginava. Não fui tão previsível assim. Ao escoar pelo tempo, noventa e quatro anos somam-se muito depressa. Infelizmente não viemos morar aqui para todo o sempre. Penso até se deveríamos ter outra chance, meu nascimento se deu ontem, ainda vejo minha mãe me balançando.
Hoje logo cedo ao me levantar, parei de frente ao espelho e não tive coragem de me enxergar, seria a primeira vez que me veria com esta idade... Rs. Foi difícil, mas me encarei. Rs...
         Se você tiver uma situação difícil, pendente para administrar, administre hoje, hoje é o dia! Tome providência logo pela manhã, mexa-se! Faça alguma coisa em prol do teu caso, só assim encontrarás à solução. De nada adianta querer adiar, enquanto não for resolvido sempre estará lá, de olhos bem abertos, vivos, grudado em você esperando que o decida.
          Todo problema tem solução, o seu também terá. Resolva você mesmo. Essa coisa de passar a bola pro santo jurando promessa, iniciar campanha, ir pro monte, passar a noite em vigília, ficar de joelhos pedindo a Deus que tome a frente daquilo que só você tem o dever de fazer, com Ele isso não adianta, não. Rs. Tenho experiência.
             Toda dificuldade material Ele te da força e sabedoria, mas quem resolve é você.
                Pra chegar até aqui caí muitas vezes, mas estou vivo! 
             Comparo o sucesso como ir à feira de sacola na mão, a cada banca sua sacola se torna mais cheio e, pesada.
Certa feita eu...
          Não se faz necessário transcrever todo seu conteúdo, dou maior ênfase ao:
         “Todo problema tem solução, o seu também terá. Resolva você mesmo. Essa coisa de passar a bola pro santo jurando promessa, iniciar campanha, ir pro monte, passar a noite em vigília, ficar de joelhos pedindo a Deus que tome a frente daquilo que só você tem o dever de fazer, com Ele isso não adianta, não. Rs. Tenho experiência. Toda dificuldade material Ele te da força e sabedoria, mas quem resolve é você”. 

Rs.

Faloouuu!!!...





                                                                                                       
                                                                                            Ao lado do "Pai"

Um comentário:

  1. 5n3v357 de dezembro de 2013 11:03
    Muito lindo.
    Seu tio avô lhe passou muita sabedoria neste momento. Lhe passou e nos passa através da Net.

    ResponderExcluir