21 setembro, 2013

Divaguei e comparei...



Vejam só,
a minha pobre
mente humana...
Imaginou e comparou.


                  Imaginem só a minha pobre mente, humana.
                  Sem imaginação, sem noção...

                 Então divaguei... Divaguei e comparei.
                 Imaginem! Eu imaginei, como se pudesse imaginar.
                 Comparem! Eu comparei, como se pudesse comparar.
          Pobre mente humana minha. Comparar e imaginar. Como se pudessem tais.

                O vai e vem de um garçom, que seve aqui, corre ali, atende cá, corre lá. De novo aqui, também ali e vai e vem e a todos atende bem e serve e despacha aqui, recebe ali e vai e vem e volta e novamente serve ali e vai e vem, e vem e vai... Rs...
  
Vejam só! Que mente, a minha!
Pobre mente humana a minha. Imaginar e comparar.

Ora, Ele enviou o seu único filho.
O seu unigênito filho.

                  E o seu filho obedeceu e veio!
                 Então: Amou, serviu, perdoou, salvou, curou, ensinou, resgatou, morreu, ressuscitou, subiu ao céu e nos deu a promessa de que foi preparar um lugar, num lugar jamais visto. E que breve voltará para nos buscar, para onde ele estiver que estejamos nós também.

Ora! Então teria no mundo maior amor?
Oras bolas! Então teria no mundo tal amor?

Que imaginação.
Pobre mente humana minha.
Comparar e imaginar.
Como se coubesse tais.

Então:
Divaguei.
Divaguei! Rs.

Que falta de imaginação! 


Rs...

Faloouuu!!!...


  
 





                                                                                            Ao lado do "Pai"




13 setembro, 2013

Um homem de fé, lá em Cafarnaum...





"Em verdade vos digo
que a ninguém encontrei
em Israel com tamanha fé."


Leiam aqui, manos! A admiração de Jesus,
pela tamanha fé de um homem.

          Tendo Jesus entrado em Cafarnaum, chegou-se a ele um centurião que lhe rogava, dizendo: Senhor, o meu criado jaz em casa paralítico, e horrivelmente atormentado. 
            Respondeu-lhe Jesus: Eu irei, e o curarei.
         O centurião, porém, replicou-lhe: Senhor, não sou digno de que entres debaixo do meu telhado; mas somente dize uma palavra, e o meu criado há de sarar. Pois também eu sou homem sujeito à autoridade, e tenho soldados às minhas ordens; e digo a este: Vai, e ele vai; e a outro: Vem, e ele vem; e ao meu servo: Faze isto, e ele o faz. Jesus, ouvindo isso, admirou-se, e disse aos que o seguiam:
Em verdade vos digo que a ninguém encontrei em Israel com tamanha fé.Também vos digo que muitos virão do oriente e do ocidente, e reclinar-se-ão à mesa de Abraão, Isaque e Jacó, no reino dos céus; mas os filhos do reino serão lançados nas trevas exteriores; ali haverá choro e ranger de dentes.



                    Então disse Jesus ao centurião:  
                    Vai-te, e te seja feito assim como creste. 
                    E naquela mesma hora o seu criado sarou.

Rs.

Faloouuu!!!...



PS:
Bíblia Sagrada:
Mateus 8: 5-13.


                                                                                 
                                                                                            Ao lado do "Pai"

07 setembro, 2013

Quando alguém tem um segredo.








Se você tem um segredo e,
deseja mantê-lo oculto aos
atenciosos ouvidos alheios,
melhor guardar pra si, viu!

             Às vezes paro pra pensar: será verdade isso mesmo?...
             Hoje em dia já não se pode confiar mais em ninguém? 

             Todo e qualquer segredo deverá ser mantido, retido sob sigilo forte da guarda atenta de sete chaves. O seu detentor deverá ser prudente e portá-lo assim, estritamente assim: a guarda atenta de sete chaves... Rs... E nunca, jamais! Em hipótese alguma poderá revelar tal arcano; valendo isto a qualquer que seja o grau de interatividade, entre: amigos ou parentesco.
             Se você tem um segredo e, deseja mantê-lo oculto aos atenciosos ouvidos alheios, melhor guardar pra si, viu! Do contrário se contares a um só alguém, esse mesmo alguém não verá problema algum em contar para outro alguém; já que o sigilo em princípio deveria partir de ti que não suportou a boca fechada; então esse novo alguém contará para outro alguém que também contará para outro alguém e, assim sucessivamente...
            Outro dia dando ouvidos a uma pessoa ouvi: lá no meu trabalho revelei um assunto encoberto para uma pessoa e pedi segredo total, aí me dei mal. Essa mesma pessoa contou para outra pessoa que contou para uma nova pessoa vindo com isso toda a minha seção de trabalho, a saber, do caso. Por isso hoje eu digo assim: do jeito que as coisas andam já não se pode confiar mais em ninguém! Olha que eu vigio hein! Sou até cauteloso nestes casos e, nunca comento um assunto comprometedor daquilo que venha ferir a honra e a fé das outras pessoas. Mas essas mesmas pessoas às vezes me frustram, fofocando o mal dos outros...
Às vezes paro pra pensar: será verdade isso mesmo?... Hoje em dia já não se pode confiar mais em ninguém? Em tal extremo anda a humanidade?... Dos amigos que tenho qual poderia eu confiar um segredo?... Dura prova é matutar assim!...
Não conheço existir um mandamento prático a afirmar: Guarde pra si aquilo que ouve aquilo que vê e aquilo que sabes. Tudo são provérbios, dizeres tais como: "Falar é prata, calar é ouro", "Em boca fechada não entra mosquito"... A verdade é uma só no alertar: aquilo que não pode ser revelado perderá o seu encanto, no momento fiel da cumplicidade e, de uma maneira geral o linguareiro diminuirá sua credibilidade...
              Deixando de fora o dever ético que nos garante sigilo absoluto entre: advogado e cliente, o cristão e o padre. Pergunto: sabendo que o meu melhor amigo fará conhecer as minhas revelações ao seu outro melhor amigo; então aquém confiar um inevitável almejante sigilo?... Rs... Não tens?...

             Oras! Apresento-te: Jesus o imaculado unigênito filho do altíssimo Deus! Fiel, verdadeiro amigo para todas as horas. Afirmo-te: Ele é o refúgio, Nele você pode confiar! No que dizeres, serás ouvido com muita atenção, e mantido em silêncio entre você e Ele. O que reservado contares, jamais será motivo de deboche espalhado pela multidão. Acredite, Nele você pode confiar, eu confio!!!...

Rs.

Faloouuu!!!





 
 
                                                                                           Ao lado do "Pai"