19 setembro, 2015

Se Deus abençoou está abençoado e, pronto. Rs.


Se Deus abençoou,
está abençoado e 
ponto final; não 
adianta o capeta
ou os filhos do 
capeta quererem 
vir estragar  tudo,
não. Maior
é Deus!... Rs... 

               Porque agora Ele é a tua sorte!... Eu sei que você ora e roga a Ele que tome sua direção, que tome conta de sua vida, de toda a sua família, de todos os seus bens, de todos os seus negócios...

              Sou contra viver escondido ou esconder aquilo que tenho com medo dos outros conhecerem a minha benção. Pensa comigo: se a benção é tua foi o Todo quem lhe deu, então ostente e engrandeça o nome Dele exaltando-o, Ele é Aquele que tudo pode dar, tudo tem para dar e, tudo nos dar. Acredito assim: Se Deus abençoou, está abençoado e ponto final; não adianta o capeta ou os filhos do capeta quererem vir estragar tudo, não. Maior é Deus!... O mal é enxerido, sim e, a gente sabe muito bem disso, o endereço de nossa casa ele tem, mas se Deus abençoou está abençoado e pronto. Rs. Concorda comigo?
               Esse negócio de temer o fulano ou a fulana por terem olho grande e secarem até pé de pimenta, está derrotado. Deus é muito mais!... Se o Todo me deu então ta dado, nada adianta o mal ou servo do mal se roer, frustrado, lamentando-se pelos cantos da terra de longe a dizer: Ali vai um abençoado...
               Meu irmão o que você tem foi o Pai quem lhe deu. As suas coisas os seus bens a tua família a tua saúde o teu trabalho o teu salário o teu carro a tua conta bancária, tudo! Tudo foi Ele quem lhe deu.
Antes quando você ainda não conhecia em sua vida Aquele que tudo tem e tudo pode; todos os seus bens e o que lhe ocorria eram pura sorte, as coisas só lhe aconteciam na orelhada, não é mesmo? Agora que você o conhece as coisas mudaram muito pra melhor, tudo deixou de ser como era antes, na sorte. Sabes por quê? Porque agora Ele é a tua sorte!... Eu sei que você hoje ora e roga a Ele que tome sua direção em todos os seus dias, que tome conta de sua vida, de toda a sua família, de todos os seus bens, de todos os seus negócios... Preste bem atenção aqui: se for Ele quem toma conta de tudo o que tens, então glorifique a Ele, exalte-o e, não temas o mal.
                Faça como fez o cego de Jericó quando Jesus o sarou daquela cruel cegueira de nascença. Interrogado pelos falsos intrigantes traidores fariseus, curiosos por saberem como se abriram os olhos. Ele orgulhoso respondeu, e disse: O homem, chamado Jesus, fez lodo, e untou-me os olhos, e disse-me: Vai ao tanque de Siloé, e lava-te. Então fui, e lavei-me, e vi. Rs. Está aí um exemplo da proclamação da benção, e seu autor.
                                                 -----&&&------
                Outra coisa é certa e temos que saber: A honra é de quem tem honra e, fim de papo! Que fique bem esclarecido aqui. Quando pedirmos uma benção e recebido essa benção, o correto é agradecer aquele que nos abençoou, a honra é dele, toda dele, seja lá ele quem for, podendo aí ser diversas situações, tipo: pai, mãe, filho, filha, irmão, colega, chefe, patrão, professor, etc e etc e tal, o importante é agradecer não se esquecendo nunca da honra daquele que te abençoou.
                O que se vê por aí é muita ingratidão, quando diante de um problema aparentemente insolúvel alguém procura ajuda a quem possa ou tem a capacidade de ajudar, e (Nessas horas os pedintes só faltam fazerem como fazem os cachorrinhos, ficando de quatro a lamberem os pés do seu ajudador), pedindo misericórdia na hora difícil, logo depois de solucionados os seus intricados problemas, viram as costas e vão embora se esquecendo por completos que um dia pediram, e pra quem pediu... Quanta ingratidão... Mas se fosse o contrário, se isso acontecesse com um deles, aí doeria, não é mesmo?

                Agora pense: E com Deus, será a mesma coisa?...
               Digo-lhe, sim! Com Ele também acontece da mesma forma... Quantos já pediram benção e foram honrados, mas se esqueceram do agradecimento. Rs. Pense...

Rs.

Faloouuu!!!
                                                                                                                                                                                             


         
                                                                              Ao lado do "Pai"

Nenhum comentário:

Postar um comentário